MORADORES DE HERMILO TEM REUNIÃO COM VEREADORES E RECLAMAM DE PROBLEMAS NO BAIRRO

em Sem categoria por

Durante esta semana, aconteceu na Câmara municipal de Carandaí, uma reunião entre os vereadores José Vicente de Oliveira, Felipe Costa Franco Vieira, Éder
Damasceno Silva, Luiz Antonio Henriques Júnior, Israel Luiz Baeta Alves de Souza, Naamã Neil
Rezende da Rocha, Cor Jesus Moreno, Marcos Felipe da Silva, Virgínia Maria de Queiroz,juntamente com os representantes da comunidade e da associação de moradores de Hermilo
Alves. O vereador Cor Jesus abriu a reunião e passou a palavra ao vereador Marcos Felipe, que deu continuidade e deu a oportunidade aos moradores para se manifestarem.

Foi os problemas enfrentados pela comunidade em relação à escola municipal,que está interditada em função do péssimo estado de conservação no qual se encontra.
Relatou que foi realizada reunião na prefeitura, na qual o Secretário de Educação solicitou aos moradores que cobrassem aos seus representantes empenho na liberação de recursos junto
ao Estado. O senhor Marconi relatou que visitou a escola, e que as obras a serem realizadas são coisas simples. Além disso, disse que os problemas ocorrem em função de empresas que
vencem a licitação e prestam um serviço de qualidade ruim. Complementou que uma reforma simples, e de custo reduzido, pode solucionar os problemas no local.

Ele disse também que não é viável uma grande reforma no prédio antigo, sendo necessária a construção de uma
nova estrutura no futuro. O senhor Miguel relatou diversos problemas na escola, tanto no
anexo novo, quanto no prédio antigo da comunidade. Citou exemplos de coisas simples, como pregos colocados em calhas, que causam infiltrações no local.
Além disso, relatou as dificuldades enfrentadas pelos alunos, que tem que se deslocar para a cidade de Carandaí. A senhora Franciele disse que, em reunião realizada com a prefeitura
municipal em janeiro de 2022, foi estabelecido um prazo de 6 (seis) meses para solucionar a questão, e até o momento nada foi feito. O senhor Roberto pontuou que a empresa
responsável pela obra deveria ser responsabilizada pelos erros na execução, tanto desta obra, quanto de outras, e que o secretário responsável deveria fiscalizar os contratos com a referida
empresa, em função dos erros cometidos pela mesma no passado. O senhor Nylson pontuou
a dificuldades enfrentadas com a licitação, como as empresas que pedem aditivos,desrespeitam o projeto e os contratos, além das falhas na fiscalização e nos projetos.
Complementou dizendo que o engenheiro da prefeitura, Alessandro, mostrou um projeto de reforma para o antigo prédio da escola, e questionou sobre a possibilidade de uma parceria
com o município.

Foi consenso entre os moradores que é possível realizar uma obra paliativa no local, e que a comunidade está disposta a fazer uma parceria com o município. Além disso,
foram apontadas diversas soluções para a questão. Os vereadores citaram diversas reuniões
realizadas com o executivo, pontuaram os problemas enfrentados, a falta de fiscalização, a ausência de soluções, e se comprometerem a continuar lutando pela resolução da questão,
inclusive realizando uma reunião com o Poder Executivo para propor soluções e cobrar
atitudes. Além disso, foram levantadas questões como o gasto com transporte, possibilidade de CPI para investigar as situações ocorridas em Hermilo Alves, ações judiciais, utilização de
recursos do Fundeb, entre outras medidas que podem ser tomadas pela Casa.

2 Comments

  1. eu acho que peguei o bonde andando, pois não vi aí nesta materia falarem sobre a ponte que está pra ser arrumada a varios meses; é inadimissivel 3 vereadores representantes do povo de carandaí e em especial a comunidade de hermilo, onde tem seu laços familiares, aceitar pacificamente passar tanto tempo sem solução para este problema.

  2. Escola caindo, quadra de esporte que não tem mais, UBS cheia de infiltrações, ponte que nunca termina por falta de conhecimento ou ma vontade de trabalhar, ruas e estradas uma vergonha, antiga estação ferroviária que ainda não caiu porque Deus existe.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*