APÓS MORTE DE MULHER NA TRAGÉDIA DE BRUMADINHO, BEBÊ É LEVADO PARA CARANDAÍ E FAMÍLIA BRIGA PELA GUARDA DA CRIANÇA

em Cidade/Destaques por

A tragédia acontecida meses atrás na barragem da cidade de Brumadinho pode mudar a vida de um bebê de apenas nove meses, que teve sua vida completamente alterada após o rompimento da barragem e devido as circustâncias acabou vindo para a cidade de Carandaí.
A criança é alvo de uma disputa envolvendo uma tia materna e o pai biológico e uma audiência acontece hoje no fórum da cidade de Brumadinho.
No dia que a barragem estourou, uma mulher de 32 anos identificada como Daiana Carolina da Silva estava em seu primeiro dia de trabalho após licença maternidade e foi uma das vítimas da barragem.
A vítima teve apenas um fragmento de seu corpo encontrado e quatro dias após seu filho foi levado para a cidade de Carandaí.
De acordo com informações do jornal “ O tempo”, o bebê teria ficado com a irmã de Daiana que mora na casa ao lado do pai biológico da criança, e depois o pai teria levado a criança para a cidade de Carandaí onde ficou sob os cuidados de duas tias já idosas.
Após o fato, familiares da vítima da tragédia reclamam que o bebê foi levado para longe da cidade e que o pai teria afastado o bebê deles e diz que após perderem uma pessoa da família ainda devem perder também o bebê que não será criado perto deles.
A audiência deve acontecer na data de hoje (5) no fórum da cidade de Brumadinho e deverá decidir o destino da criança.

Com informações do jornal ” O Tempo”.
CLIQUE AQUI E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*