Troca de lâmpadas vira ‘jogo de empurra’ e deixa ruas de BH escuras e moradores inseguros

em Minas Gerais por
Ilustração Manutenção na Rede
Ilustração Manutenção na Rede

A manutenção de postes, implantação e expansão deixou de ser responsabilidade da Cemig desde de 31 de dezembro de 20134 e passou para as prefeituras. A medida cumpre o que determina a Constituição Federal: ‘iluminação pública é responsabilidade dos municípios’.

No entanto, a reportagem constatou que a mudança não está funcionando na prática. Moradores do Bairro Juliano, Região Norte da capital, relataram que a falta de manutenção deixa algumas ruas completamente escuras.

Os moradores dizem que existe um ‘jogo de empurra’: quando acionada, a Cemig diz que a responsabilidade é da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). No entanto, quando o cidadão liga para a PBH (pelo número 156) é orientando a procurar a Cemig. Enquanto isso, os postes continuam sem manutenção e as ruas escuras, o que aumenta o risco de assaltos e outros crimes, como estupro.

“Já houve (furtos) próximo ao ponto de ônibus. Eles (ladrões) estão aproveitando. Pegam celular, pega bolsa. Está difícil”, disse o aposentando Mauro José de Almeida, morador do Bairro Juliano. “ O governo está se isentando de uma responsabilidade que é dele”, resumiu Mauro.

Sem se identificar, a reportagem  ligou para a Cemig e a PBH. O jogo de empurra foi confirmado pelos atendentes.

Apesar de a matéria comprovar que a PBH não resolveu o problema da iluminação pública, em nota a Prefeitura informa que está tudo normal. O texto diz ainda que as pessoas podem solicitar os serviços de manutenção pela internet, presencialmente no BH Resolve ou nas regionais, e ainda pelo 156.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*