ENTENDA COMO SERÁ O FINANCIAMENTO DE MAIS DE UM MILHÃO DE REAIS QUE A PREFEITURA PRETENDE FAZER PARA REFORMA DO POLIESPORTIVO

em Cidade/Destaques por

Durante esta semana, o Carandaionline publicou uma matéria noticiando três projetos de lei de autoria do executivo municipal com vistas a reformar o Poliesportivo da cidade, a quadra de pedra do Sino e a compra de um maquinário.

Ainda esta semana, o projeto entrou na pauta da reunião ordinária dos vereadores e agora deverá seguir para análise e apreciação das comissões antes de ser votado.

Durante a apresentação do projeto, o vereador Valério Domingos, líder do prefeito na Câmara, solicitou caráter de urgência aos demais colegas ressaltando sua importância. O caráter de urgência vigora por 45 dias antes de ser posto em votação. Os vereadores agora deverão correr contra o tempo, uma vez que na próxima semana será realizada a última reunião antes do recesso parlamentar e de acordo com o vereador, o prazo para a documentação do BDMG vigora até o dia 9 de Agosto.

Nossa equipe teve acesso aos projetos que deverão ser analisados a partir de agora e fez um resumo para que nossos leitores entendam o que a prefeitura visualizou com o financiamento.

 

A prefeitura pretende financiar um milhão duzentos e trinta e nove mil, duzentos e cinquenta e cinco reais e quarenta e seis centavos), destinadas ao financiamento de Construção, ampliação e/ou reforma, SENDO R$ 338.922,74 (TREZENTOS E TRINTA E OITO MIL, NOVECENTOS E VINTE E DOIS REAIS E SETENTA E QUATRO REAIS) PARA COBERTURA DA QUADRA DA ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA ITA FERREIRA DA MATA LOCALIZADA NA SEDE DO DISTRITO DE PEDRA DO SINO e R$ 900.332,72 (NOVECENTOS MIL, TREZENTOS E TRINTA E DOIS REAIS E SETENTA E DOIS CENTAVOS) PARA REVITALIZAÇÃO DO GINÁSIO POLIESPORTIVO JAMERSON RODRIGUES PEREIRA.

Além deste financiamento, a prefeitura pretende também celebrar contrato para mais um valor de R$ 245.000,00 (duzentos e quarentena e cinco mil reais), destinadas Aquisição de máquinas, equipamentos e veículos.

A finalidade deste projeto é a aquisição de um rolo compactador que irá propiciar ao Município a manutenção eficiente nas vias públicas, uma vez que segundo a prefeitura já está  em fase de conclusão a Usina de Asfalto, que juntamente com este equipamento, possibilitará uma redução nos custos e maior agilidade no serviço de conservação da manta asfáltica municipal.

O projeto que foi liberado a imprensa não detalhava o tempo nem mesmo os juros que a prefeitura deverá pagar pelo financiamento, e alegava que o governo de Carandaí aderiu à proposta do Governo Estadual e firmou acordo de parcelamento da dívida. Ocorre que o mesmo possui carência de 1 (um) ano para o início de seu cumprimento, fato que levou a prefeitura a optar pelo financiamento. As comissões formadas pelos vereadores ainda não divulgou a data em que o projeto deverá ser levado a votação.

Como é de conhecimento público, o Município de Carandaí aderiu à proposta do Governo Estadual e firmou acordo de parcelamento da dívida. Ocorre que o mesmo possui carência de 1 (um) ano para o início de seu cumprimento

CLIQUE AQUI E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

*