EM ENTREVISTA A RÁDIO ALTERNATIVA, MESA DIRETORA DA CÂMARA FALA SOBRE VOTAÇÃO DE PROJETOS DA PREFEITURA EM 2020

em Cidade/Destaques por

No início desta semana, os vereadores Naman Neil e Pedro Marcone, atual membros da mesa diretora da Câmara Municipal de Carandaí, estiveram na rádio alternativa Fm, onde falaram um pouco sobre a condução dos trabalhos no legislativo em 2019 e os planos para este ano.

O vereador Naman explicou que várias economias foram feitas durante o ano que resultou em uma devolução de 650 mil reais ao executivo. Segundo o presidente, vários gastos foram cortados com o intuito de cumprir uma promessa de devolução a prefeitura no final de 2019.

Na época, durante a votação da reforma do Poliesportivo, o presidente da casa votou contra o projeto de financiamento da reforma alegando que suas economias seriam suficientes para devolver cerca de 500 mil reais ao executivo.

Os membros da mesa diretora falaram sobre projetos importantes para o município em 2020 e sobre economia de dinheiro público durante entrevista na rádio Alternativa Fm

Ainda na entrevista, o vereador falou também sobre os planos da Câmara para 2020, onde alegou continuar com as economias do dinheiro público e aproveitou para colocar a casa legislativa mais uma vez a disposição do cidadão carandaiense.

Durante a entrevista, o repórter Flávio Franco questionou os membros da mesa diretora sobre os projetos enviados pela prefeitura prevendo calçamento de ruas, reforma do calçadão , iluminação pública e reforma da prefeitura e do Hospital Sant´ana.

A respeito deste assunto, o presidente da casa respondeu que os projetos já estão sendo analisados pelas comissões de vereadores e na primeira reunião após o recesso deverão enviar uma proposta de emenda a prefeitura sugerindo a exclusão de ruas que já foram calçadas, bem como a reforma do Hospital e do prédio onde funciona a Prefeitura Municipal. a reforma do calçadão, a construção de um novo prédio para a área de saúde, o calçamento de ruas da zona rural e urbana e as novas iluminações públicas deverão continuar no projeto.

Segundo o vereador, o projeto deve ser votado ainda ano começo de 2020 e o mesmo acredita que deverá ser aprovado pelos demais colegas de vereança.

CLIQUE AQUI E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

 

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*