Moradores do bairro Acampamento cobram solução para estrutura da ponte no bairro

em Cidade/Destaques por

Moradores, pedestres e motoristas que transitam pelo bairro Acampamento devem estar atentos a um perigo que há vários meses se estende sem solução para os mesmos.

A ponte principal da via que dá acesso ao bairro Acampamento, Caieira , Souza e a cidade de lagoa Dourada está com problemas em sua estrutura onde parte do asfalto cedeu e uma cratera de tamanho considerável foi aberta na lateral da ponte.

Segundo moradores do bairro , tal problema já rendeu um  acidente envolvendo uma moto , onde felizmente o condutor não se feriu.

Ainda segundo os moradores do bairro Acampamento, os mesmo ja pediram providências à prefeitura que por sua vez os orienta a ligarem na Copasa, afirmando aos moradores solicitantes que tal problema seria de sua competência e não do município.

A equipe de reportagem do carandaionline entrou em contato com a assessoria de imprensa da Copasa onde nos foi informado que a mesma haveria apenas realizado algumas obras no encanamento da ponte, não sendo de sua responsabilidade reparos e manutenção de sua estrutura.

Em contato com a defesa civil da prefeitura municipal de Carandaí,os mesmos alegaram  não ter recebido nenhum pedido de providências por parte dos moradores e tão pouco souberam sequer informar de quem seria a responsabilidade pela ponte que corta o município

Nossa equipe tentou ainda contato com o DER ( Departamento de Estrada e Rodagens) órgão que cuida das rodovias estaduais e finalmente foi dada uma resposta clara e objetiva a respeito do problema.

O supervisor  Marcelo Sampaio, esclareceu que tal ponte é de responsabilidade do D E R e disse já estar ciente do problema bem como já tomando as devidas providências para resolução do caso.

Ainda segundo o supervisor, o problema teve origem em uma obra realizada pela Copasa no ano passado onde funcionários precisaram cavar parte do asfalto em torno da ponte para obras de manutenção dos canos e sistema hidráulicos.

Marcelo alegou ainda que um orçamento para normalização da via já foi solicitado aos orgãos competentes e que tais obras ainda não se iniciaram por motivo do período de chuva que poderia danificar ainda mais a estrutura durante a remontagem em épocas chuvosas e ainda prometeu que ate o final de fevereiro trabalhadores começarão a verificar o problema da ponte

Ele esclareceu ainda que a estrutura da ponte não corre riscos e que o local está devidamente sinalizado.

Enquanto o problema não se revolve os motoristas que transitam pelo local devem redobrar a atenção para evitar novos acidentes.

ponte ponte3 ponte 2

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*