CARANDAIONLINE CONVERSOU COM “JAJA”, O CRAQUE DE CARANDAÍ QUE FOI CONTRATADO PELO CRICIÚMA, CONFIRA A ENTREVISTA EXCLUSIVA:

em Cidade/Destaques por

O meia Jandir Breno Souza Silva, mais conhecido como “Jajá”, de 21 anos é o novo nome anunciado pelo Criciúma e também uma das apostas do time na temporada de 2020.

O jovem é carandaiense já passou temporadas no futebol europeu e tem seu nome relacionado como uma das maiores promessas do futebol.

O portal de notícias Carandaionline conversou com o craque, que através das redes sociais falou um pouco sobre a sua carreira, sua vida em Carandaí e sobre sua contratação como jogador profissional, confira a entrevista exclusiva:

Carandaionline: Fale um pouco sobre a sua carreira:

Eu comecei bem novo no futebol já com 12, 13 anos comecei sair de Carandaí pra jogar em clubes.Fui jogando,rodando o Brasil e fui até na Europa, mas não deu certo e voltei.

Carandaioline: Quais as principais dificuldades um esportista do interior enfrenta para seguir sua carreira?

Na base quando você é do interior te olham diferente ,(ainda mais clube de menor expressão) se tiver disputando uma vaga você e um menino da cidade grande ou a cidade que o clube fica, eles dão a vaga pro menino da cidade pra ter menos gastos ,isso acontece bastante.

Carandaionline: No Brasil , praticamente todo jovem sonha em ser jogador de futebol, as seleções para ocupar uma vaga em um time são escassas, por que você acha que foi escolhido entre tantos concorrentes?

Ah isso eu tenho certeza que e plano de Deus em minha vida mas meu esforço, meu comprometimento minha fé e talento também ajudaram eu virar um jogador profissional

Carandaionline: Como você se sentiu quando se tornou jogador profissional?

É uma sensação maravilhosa, a melhor que eu pude sentir, é uma sensação de que tudo que passei foi válido.

Carandaionline: O Criciúma é um time conhecido em todo o Brasil, qual a responsabilidade de fazer parte de uma equipe desta grandeza?

Quando você faz parte de um time grande as suas responsabilidades aumentam, atraí mais pessoas para te acompanhar e ver o que você esta fazendo,  mas eu sempre me dei bem com isso sempre mantive minha postura e sei da minha responsabilidade, então pra mim é tranquilo.

Carandaionline: Como é a sua rotina de treinos?

Minha rotina é muito pesada, treino todos os dias praticamente dois períodos e só sobra tempo pra descansar a noite, isso quando não tem jogo, e a gente tem que fazer viagens longas.Mas isso tudo eu acho bom, foi isso que escolhi pra mim e também sei que não tem emprego fácil.

Carandaionline: Em quais times você jogou em Carandaí?

Em Carandai joguei pouco, nunca gostei de jogar nas escolinhas daí, me davam pouco apoio, alguns até falaram que eu não ia chegar, mas sempre quando eu estava de ferias eu jogava no time do meu pai o  Milionário da Ponte Chave, pra manter um pouco o ritmo.

Carandaionline: Como foi sua adaptação fora de Carandaí?

No começo foi bem difícil, minha família  me ajudou muito e me deu todo apoio que precisei , mas foi muito difícil, passei várias dificuldades que nunca falei pra eles porque se eu falasse eles iam mandar eu ir pra casa.Teve clube que cheguei a ficar sem comer algum dia e no outro ter só feijão , em alguns tinha que comer só biscoito recheado.

Carandaionline:  E como a sua família recebeu a notícia de que você seria um jogador profissional?

No dia que liguei pra eles ficaram bastante felizes com a notícia

Carandaionline: Em quais campeonatos você vai jogar pelo Criciúma em 2020?

Campeonato Catarinense, Copa do Brasil e Brasileiro.

Carandaionline: Quais são suas expectativas como jogador?

Minhas expectativas são grandes, pretendo conquistar tudo que sonhei, mas se por ventura eu não conquistar,se eu puder ser um homem de bem e honrar meus pais já esta ótimo.

Carandaionlie: Quem é seu ídolo dentro dos gramados?

Dentro dos gramados sempre gostei do Ronaldo “ Fenômeno”, e fora dele e meu pai,  o cara que me inspiro nele todos os dias.

Carandaionline: Existe alguém em especial que você queira agradecer?

Queria agradecer a Deus primeiramente por tudo que está acontecendo em minha vida, queria agradecer toda minha família, meu pai INÁCIO ELY e meu outro paizão o EDMAR essas foram as pessoas que não deixaram eu desistir e que acreditaram em mim quando nem eu mesmo acreditava, e queria agradecer vocês do Carandaionline por estar me dando a oportunidade de contar um pouco de mim pra vocês.

CLIQUE AQUI E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*