"
Capa / Brasil / Homem nu agarra idosa em elevador no Centro de BH e se masturba mesmo após ser preso

Homem nu agarra idosa em elevador no Centro de BH e se masturba mesmo após ser preso

PlantaoA idosa atacada por um homem nu quando entrava no elevador do edifício onde reside, no Centro de Belo Horizonte, ainda tenta se recuperar do trauma. A tentativa de estupro ocorreu na tarde dessa segunda-feira, quando a idosa foi entrar no elevador do edifício Araguaia, localizado na Avenida Augusta de Lima, e deparou com um morador nu. O rapaz, identificado como Verino Simon Filho, de 28 anos, agarrou a idosa, passou as mãos nos seios dela e a forçou a beijá-lo de língua.

Apavorada, Odecir de Souza Pinto, de 73 anos, gritou por socorro. Moradores e funcionários do condomínio conseguiram afastar o homem e acionaram a polícia. Conforme informações da Polícia Militar, logo após a tentativa de estupro, Verino subiu para o seu apartamento, onde ficou trancado até a chegada da PM. Os policiais foram até o apartamento do homem e ele atendeu o chamado, sendo preso em seguida. 

Ainda conforme a PM, não satisfeito com a tentativa de estupro, Verino tirou a roupa na frente dos policiais e começou a se masturbar. 

Traumatizada, a idosa conversou com a reportagem da Itatiaia sobre o fato. “Eu levei o maior susto quando eu vejo aquele homem virado, pelas costas, nu, sem nada, peladão. Aí eu falei ‘creio em Deus pai, cruz-credo e danei a gritar’. Quando danei a gritar, ele virou, me juntou, abriu minha boca e pôs a língua na minha boca. E eu com nojo”, contou a idosa. 

O sobrinho da idosa, Samuel de Jesus, fez um desabafo e chorou de revolta durante a entrevista. “Isso é o fim do mundo, pelo amor de Deus. Estou chateado, tô chorando porque já não temos esperança para mais nada. Não sei onde esse país vai parar”, disse aos prantos. 

Check Also

Correios vão virar operadora de celular a partir de fevereiro

A partir de fevereiro deste ano, o Brasil ganhará uma nova operadora de telefonia celular: …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *