POLÍCIA MILITAR DE CARANDAÍ DESMANTELA TRÁFICO DE DROGAS APÓS DENÚNCIA

em Cidade/Destaques por

 

Às 05h35min de sábado, dia 17 de fevereiro, Policiais Militares compareceram a Rua Vereador João Henriques Pinto, Bairro Praia, onde segundo denúncia via 190, uma casa abandonada estaria sendo usada como ponto de tráfico de drogas. Segunda a denúncia, uma mulher carregando uma mochila nas costas havia entrado ao imóvel quando, em seguida, dois veículos estacionaram em frente à casa, sendo um Fiat/Uno de cor branca e um VW/Gol de cor branca. Após os veículos se retirarem do local, a casa passou a ter grande movimentação de pessoas.

Diante da denúncia, as guarnições deslocaram para o local e abordaram o condutor (19 anos) do veículo VW/Gol de cor branca no qual foi localizado um pino vazio utilizado para armazenar cocaína. Também foram abordados mais quatro suspeitos (15, 16, 17 e 18 anos) no interior do imóvel alvo da denúncia.

Buscas no interior da residência resultaram no encontro de 32 pedras de substância semelhante a crack, as quais estavam embaladas e prontas para a venda, quantias de dinheiro que totalizaram o valor de R$ 825,00 (oitocentos e vinte e cinco reais), 24 pinos contendo substância semelhante a cocaína, 06 buchas de substância semelhante a maconha que também estavam prontas para venda e mais 04 tabletes de mesma substância e, por fim, 04 aparelhos celulares, sendo um deles reconhecido como produto de roubo realizado no dia 10 de fevereiro do corrente ano em Carandaí/MG, celular este reconhecido pela vítima que compareceu ao posto policial com a nota fiscal do aparelho. Nas imediações do local foram encontrados 24 pinos vazios utilizados para armazenamento de cocaína.

Todo o trabalho dos Militares foi presenciado por testemunha. Os abordados receberam voz de prisão e de apreensão, respectivamente, sendo conduzidos à Delegacia de Polícia juntamente com toda a apreensão efetuada. Houve o acionamento do Conselho Tutelar para acompanhar os menores de idade. O veículo VW/Gol foi apreendido devido ao envolvimento no delito e removido ao pátio credenciado.

Material apreendido:

– 24 pinos cheios de substância análoga a cocaína.

– 24 pinos vazios para embalar cocaína.

– 32 buchas contendo pedras de substância análoga a crack.

– 04 tabletes prensados e embalados de substância análoga à maconha.

– 06 buchas de substância análoga à maconha embaladas em plástico transparente.

– 01 saco plástico contendo certa quantia de substância esbranquiçada análoga a cocaína.

– 01 celular marca Samsung sem identificação de modelo, de cor semelhante a dourada.

– 01 celular de marca Samsung sem identificação de modelo, de cor branca.

– 01 celular de marca Alcatel “onetouch’ de cor preta.

– 01 celular de marca Samsung Galaxy J2 prime, nas cores preta e prata.

– Importância em R$825,00 em moeda corrente.

Ainda em continuidade a essa ocorrência, às 09h00 do citado dia, a sala de operações recebeu nova denúncia de que o veículo Fiat/Uno supramencionado estaria no local do flagrante, sendo que o condutor estava chamando pelos envolvidos a fim de receber o dinheiro do tráfico da noite. Imediatamente as guarnições deslocaram até ao local onde o suspeito empreendeu fuga em sentido ao Bairro Ponte Chave logo ao avistar a viatura policial.

Em acompanhamento, o condutor ignorou todas as ordens de parada e sinalização, prosseguindo com a fuga, dirigindo em alta velocidade pela contramão de direção, promovendo assim uma direção perigosa. Ele evadiu pela Rodovia BR040 e foi interceptado próximo ao Distrito de Hermílio Alves, momento em que jogou seu veículo contra a viatura policial, colidindo em sua lateral esquerda.

Durante a captura do suspeito (24 anos), foi localizado com ele um telefone celular, a quantia de R$ 60,00 (sessenta reais) e uma chave. Foi-lhe dada voz de prisão em flagrante por desobediência, direção perigosa, resistência e associação ao tráfico de drogas. Destaca-se que o autor recebeu em 14 de dezembro de 2017 um alvará de soltura devido às suas condições de saúde, entretanto observou-se que o indivíduo continuou em prática delituosa.

Enquanto os militares registravam a ocorrência, foram informados por uma testemunha anônima de que o referido autor estaria usando uma casa Bairro Hermílio Alves (Carandaí/MG) para o tráfico de drogas. Diante de tal denúncia os militares deslocaram até ao imóvel onde encontraram a suspeita (19 anos) que informada a respeito do fato, afirmou que sabia sobre a ocorrência de tráfico de drogas, alegando inclusive que todos os materiais que estavam no interior da casa pertenciam ao autor preso.

Assim, no imóvel foram encontrados e apreendidos 01 revólver de calibre .38, grande quantidade de drogas análogas à maconha, crack, cocaína, além de diversos

produtos usados para a fabricação de drogas, balanças de precisão e pacotes de ependorf.

Diante do exposto, a mulher abordada também recebeu voz de prisão. Ela foi conduzida à Delegacia de Polícia juntamente com toda a apreensão efetuada e onde o abordado (19 anos) já se encontrava preso.

 

 

Material apreendido:

 

– 01 revólver calibre .38, marca Taurus, com numeração raspada.

– 11 Pedras de substância amarelada análoga à crack, tamanho de uma caixa de fósforo cada.

– 02 Tabletes de substância análoga à maconha.

– 01 pacote de substância análoga à maconha no tamanho de uma bola de handebol.

– 01 bucha de substância análoga à crack, tamanho 1cm X 1cm.

– 01 pedra de substância análoga à crack, tamanho: 5 cm X 4 cm X 3cm.

– 10 Sacolas de plástico amarradas contendo considerável quantia de substância análoga à cocaína.

– 03 balanças de precisão sem marca aparente.

– 03 Sacolas plásticas contendo vasta quantidade de pinos vazios “eppendorf”.

– 01 touca ninja feita em lã de cor preta.

– 01 par de luvas feitas em lã de cor preta.

– 175 Pinos “eppendorf” contendo substância esbranquiçada análoga à cocaína.

– 10 Buchas de substância amarelada análoga à cocaína, no tamanho de uma azeitona cada.

– 08 Tubos de plástico vazios utilizados para armazenar “ loló”.

– 02 Barras de substância análoga à maconha prensada medindo aproximadamente 35 cm X 10 cm X 03 cm.

– 01 barra de substância análoga à maconha pensada medindo 20 cm X 10 cm X 3 cm.

– 04 Rolos de papel filme plástico.

– 02 Rolos de papel laminado.

– 01 embalagem “ Pet” cortada contendo várias embalagens de chupe-chupe.

– 01 embalagem de 100 ml de cloreto de sódio.

– 62 Buchas de tamanho pequeno de substância análoga à crack.

– 11 Pinos de cor amarelada para acondicionar drogas.

– 01 embalagem de vidro vazia usada para acondicionar “ loló”.

– 01 embalagem de vidro cheia utilizada para acondicionar “loló”.

– 05 Munições calibre .38 ogivais intactas

CLIQUE AQUI E CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*