Capa / Cidade / BOMBEIROS AFIRMAM QUE AINDA EXISTE RISCO DE NOVOS DESABAMENTOS NO CALÇADÃO

BOMBEIROS AFIRMAM QUE AINDA EXISTE RISCO DE NOVOS DESABAMENTOS NO CALÇADÃO

Na tarde desta Segunda-feira (2)  nossa reportagem conseguiu contato com a equipe do corpo de bombeiros em Conselheiro Lafaiete , onde novas informações sobre o atual estado do calçadão vieram à tona , além de melhores esclarecimentos sobre a interdição de mais quatro prédios realizada na noite da última Sexta-feira.

Segundo o capitão Ronaldo, o problema na região central de Carandaí ocasiona-se  devido a uma deficiência na captação de água pluvial que acontece há vários anos e que a obra no local, apesar de necessária para a solução do problema expôs um maior risco, onde foram constadas rachaduras de tamanho considerável no conjunto de prédios pertencente ao local.

Ainda segundo o capitão do corpo de bombeiros, existe o risco de desabamento total dos quatro prédios que foram interditados na Sexta-feira, haja visto que o prédio onde funcionava a antiga casa de shows “ Ponteio” veio a desmoronar uma parte na manhã desta Segunda.

O corpo de bombeiros afirmou ainda a nossa equipe que existe  no local, um poste que corre serio risco de cair devido a abalos em sua estrutura sofrida nesta manhã durante desmoronamento por parte do Ponteio, fato que poderá deixar o local sem luz enquanto os mesmos tomam as medidas de segurança necessárias .

O corpo de bombeiros orientou ainda que a população evite passar pelo local, uma vez que segundo os mesmos, existe o risco de novos desabamentos no local, inclusive desmoronamento total dos quatro prédios em questão.

Até o fechamento desta edição ainda não havia um laudo oficial de engenharia  e a Prefeitura Municipal também ainda não havia se manifestado sobre o caso.

Check Also

OPERAÇÃO ” DAMA DE ESPADAS” PRENDE CINCO PESSOAS EM CARANDAÍ

A Policia Civil de Carandaí realizou nesta Sexta (18) a operação ” Dama de espadas” …

10 comentários

  1. Buraco que engole carro na Ponte Chave, buraco que engole prédio no calçadão. Os desmandos do prefeito e sua equipe afetam a vida de inúmeras pessoas que, por causa da omissão do município começam a ter prejuízos financeiros e morais em sua vida. Não falamos mais de uma cidade que não dá oportunidades, mas de um governo que tira as poucas oportunidades das pessoas, seja por ter que desmarcar seus compromissos, ou por não terem mais como abir seus estabelecimentos comerciais para trabalhar, da maneira mais digna. Aqui há o prejuízo moral das pessoas. Quando não se pode ter a dignidade de extrair de suas próprias forças o sustento da família, o dano moral é incalculável. Muita gente tentou ajudar o prefeito, mas sua postura de fingir que escuta as pessoas e depois simplesmente ignora a tudo e a todos trouxe nossa cidade pra esse buraco. O buraco que o carro caiu na Ponte Chave e o buraco que o prédio caiu no calçadão, é o mesmo buraco; é o buraco da má administração, dos maus políticos, ou não políticos. É o buraco intelectual que leva o ser humano a pensar que ter capacidade para ser professor é o mesmo que ter capacidade pra ser prefeito. Não que seja impossível um professor ser bom prefeito, ou vice-versa, mas, em momento algum, quem é uma coisa necessariamente será a outra. Provamos isso da pior maneira possível. Acreditamos e desiludimos, não temos que arrepender, temos que corrigir nosso erro e buscar melhores opções da próxima vez… Precisamos ser mais criteriosos agora, pelo bem de nossa cidade. O espanto aumenta se pensarmos que nosso legislativo foi apático com relação a tudo isso. Pouco presenciamos nossos vereadores legislar, menos ainda fiscalizar. Por que nossos vereadores não cobraram de forma bastante contundente a inércia do executivo diante à primeira empreiteira que deixou essa obra completamente estacionada? Ninguém viu!? Gostaria de saber quanto vai nos custar essa obra do calçadão, somando os dois contratos celebrados e por quanto tempo essa obra irá nos servir, pois todos nós sabemos que sem abrir uma galeria por baixo da linha férrea, esta obra não passa de mero paliativo. Por falar em estacionar, a rodoviária continua inacabada, extrapolando todos os prazos possíveis, vai precisar um novo buraco para o prefeito e nossos vereadores agirem? Nosso prefeito parece não ter sangue correndo em suas veias e nossos vereadores só tomaram alguma atitude contra o prefeito no momento em que o prefeito vetou seus aumentos salariais – mais uma vez, agiram em prol de seus interesses. Carandaí pede aos vereadores: por favor, tomem alguma providência, façam valer seus cargos, pois para o prefeito já desistimos de pedir, faz tempo. E ao povo carandaiense, é bom lembrar: aqueles políticos que pouco fazem por nossa cidade, aproveitemos esse buraco aberto e enterremos nossas pretensões de voto pela manutenção de todos os políticos que hoje nos “representam”.

    • Realmente está crítico! Precisamos rezar por nossa cidade, hoje, e aprender a sermos mais criteriosos em nossas escolhas. Que a luz divina recaía, hoje e sempre, em nossa Carandaí!

    • Filipe, gostei de seu comentário, mas quero relembrar que,no ano de 2013, o hospital ficou sem Nutricionista por três meses e foi protocolado um curriculum, que ficou engavetado por todo este tempo,por que era de quem não interessava para vocês,pois era contrária a administração do momento…

      • Marli, a contratação de servidores públicos não ocorre de forma tão simples e também existem questões que extrapolam ao nosso alcance, inclusive naquilo que diz respeito à conselhos regionais de classes. Aliado a essa situação também havia uma situação atípica da nutricionista efetiva do cargo, haja vista que ela previu sair por um período, mas por problemas que só diz respeito a ela, acabou precisando sair por mais tempo. Por outro lado, o hospital não ficou sem nutricionista pois tivemos o respaldo de outra nutricionista já lotada em um cargo público, mas em outro setor, além da própria nutricionista titular do cargo que, mesmo afastada, fez questão de nos dar suporte e auxiliar a sua colega. Eu entendo que, pela cultura politiqueira de nossa cidade, as pessoas têm uma tendência natural de presumir que o motivo de tudo é política, mas não é sempre assim. Se naquela ocasião outra pessoa tivesse sido contratada, talvez seria pertinente essa presunção, mas não houve. O que aconteceu foi uma escolha nossa em buscar a solução mais adequada para o interesse da administração pública.

  2. Eu concordo com você Felipe Teixeira, aqui em Carandaí está tudo dando errado a cidade só tá andando pra trás, uma péssima administração, sem planejamento nenhum, sem nada, olha só Carandaí só vai afundando “literalmente”, não temos oportunidade na cidade, cada vez mais as pessoas tem que sair pra fora pra trabalhar, então está muito difícil viver em Carandaí!

  3. Que pena! Que tristeza em ver a minha querida cidade sendo esfacelada pela ignorância e desfaçatez. Este é o retrato da má gestão pública, da falta de responsabilidade técnica da administração municipal e do descaso com questões tão importantes que assolam o município.

  4. O povo é muito mais forte do que se sente. No momento em que as pessoas se uniram e foram às ruas, conseguimos colocar em votação o acolhimento do impeachment de uma Presidente da República. Não quero aqui entrar no mérito do crime de responsabilidade da Presidente, mas sim abordar a força que o povo tem de colocar e tirar um político do poder, seja através das ruas nas manifestações, seja através de seu instrumento mais legítimo, o voto.

  5. Sebastião Carlos Patrus

    Essa obra é a demonstração cabal de como o Sr. Prefeito tem respeitado a nossa Carandai.

    Claro está que algo de tenebroso acontece com essa Administração Municipal,pela demonstração não só de incompetência técnica na área de obras mas, principalmente,demonstrando TOTAL desrespeito pelas carandaienses, seu patrimônio e com o bem público, pela falta de transparência.

    Esse abandono fica, claramente demonstrado, nessa obra do Calçadão, a qual:

    1- prevista para conclusão em Nov/2015, não ocorreu por se contratar uma empresa inabilitada tecnica e
    financeiramente para executar as obras;

    2- vê-se, claramente, na execução das obras, que na sua especificação de obras não há preocupação qualquer preocupação com a segurança ,especialmente contenção de taludes. Aliás em reportagemdeste site, está registrado que a primeira empresa cobrou valor extra contratual para estaqueamento não pervisto no projeto.

    3- como o desrespeito para com os carandaienses foi completo, primcipalmente, com aqueles que têm seus negócios e residem nos locais próximo, sempre inundados quando uma chuva maior ocorre.

    4- Pior do que isso, o sofrimento de se ficar sofrendo ao ver a meaça de chuva quando céu escurece e que nova enchenta vai ocorrer.

    5- E a Prefeitura quieta. Somente limpava as ruas e quandochamada seja pelos moradores seja pelos Srs Vereadores, confirmava presença mas sempre se ausentava seja através do Prefeito ou de seus representantes.

    È triste ver a realidade de nossa cidade. Obras causando danos como esta do Calçadão, uma reforma da Rodoviária que vai sendo adiada , a cada vez, por um motivo diferente, e o que não pode ser aceito por nós:

    • Sebastião Carlos Patrus

      Completando a mensagem interrompida

      O QUE NÃO PODE SER ACEITO POR, NÓS CARANDAIENSES, A FALTA DE RESPEITO DO SR. PREFEITO E SEUS COMPANHEIROS PARA COM TODOS COMO FICA CLARO NOS ACONTECIMENTOS QUE VIVENCIAMOS E ESTAMOS SOFRENDO AS CONSEQUENCIAS HOJE.

      NUNCA O CARANDAÍ FOI TÃO MALTRATADO.

  6. Nunca vivemos tamanho retrocesso, nunca vi tanta gente incompetente em uma administração. Incompetência comprovada. Acorda Carandaí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *